1280px-Transgender_Pride_flag.svg.png
Logos . versão horizontal.png
1280px-Transgender_Pride_flag.svg.png

Uma por dia, neste mês de Julho, será uma ação pra exaltar a atuação de pessoas transexuais na música underground, sejam elas homens ou mulheres

Durante uma semana serão publicadas sete biografias de pessoas trans que atuam em bandas e outros projetos que compõem o underground como o conhecemos.

Uma por dia é uma ação com objetivo de exaltar a atuação das mulheres dentro da música underground. E no mês de Julho, em homenagem ao dia do orgulho LGBTQIA+, abrimos este espaço para homens e mulheres transexuais

 

Durante uma semana por mês são publicadas 7 biografias de pessoas que são parte de projetos que fazem o underground acontecer, em todo o Brasil. Uma por dia.

Uma por dia foi inspirada no trabalho da cientista britânica 
Jessica Wade, física do Laboratório Blackett do Imperial College London. Jess Wade investiga diodos emissores de luz orgânicos à base de polímero. Ela ficou bastante conhecida por trabalhar todos os dias para assegurar que, a cada ano, mais mulheres e meninas escolham carreiras científicas. Ela é fundadora e coordenadora de várias associações e dá palestras em escolas. Além disso, tem outra estratégia para aumentar a representação feminina: ela escreve uma página por dia na Wikipédia, para divulgar mulheres ignoradas pela ciência.

O trabalho de Jess Wade, por sua vez, foi inspirado na estudante de medicina norte-americana 
Emily Temple-Wood, que começou a editar a Wikipédia aos 12 anos. Após uma onda de ataques misóginos, Emily começou a escrever uma página da Wikipédia sobre uma mulher pesquisadora para cada mensagem abusiva que recebia, fenômeno que ficou conhecido como "Efeito Keilana", em homenagem ao nome de usuária de Emily.

Em 2021 o efeito Keiliana chegou até o underground brasileiro. Conheça algumas pessoas que fazem a nossa cena acontecer:

jess azul.jpg

Jess Wade

Emily Temple-Wood

keiliana.jpg

JULHO

MAIO

ABRIL

MARÇO