• UMA POR DIA

AMANDA PAZ | DEVASTADORAS (RS)


Foto: Cerise E.

Amanda Paz é natural de Porto Alegre e atualmente vive em Florianópolis - SC. É baixista, produtora cultural, piercer, dreadmaker e desde 2019 é baixista da banda de punk / hardcore Devastadoras.

Desde sempre a música esteve presente na vida de Amanda, que tinha como Pink Floyd no Walkman como canção de ninar. Aos 14 anos, seu quarto tinha as paredes cheias de pôsteres do Kurt Cobain.


Suas principais influências na música são bandas punk, hardcore californiano crossover e também hardcore de Nova York. Bandas como Cólera, Bulimia, AntiCorpos, Bikini Kill, Bratmobile, Le Tigre, The Runnaways, L7 e bandas clássicas como Nofx, Pennywise, Bad Religion, Rage Against the Machine, tiveram grande importância na sua trajetória na música.


Amanda começou na cena pelo backstage, atuando como roadie, produtora, cuidando da logística, infraestrutura de camarins ou fazendo portaria de eventos. Trabalhou em turnês com o Dead Fish, com o coletivo BIL, com bandas como Ratos de Porão, Mukeka de Rato e também com bandas internacionais, como La Pinpofaiath, Le Mat (Mexico), Epiphania (Chile), entre outras. Foi roadie também em palcos do Morro Stock e no Festival Psicodalia.


Suas primeira experiência com banda foi em 2014, como baixista e backing vocal na banda A vingança de Jeniffer, banda punk feminista composta por quatro mulheres. Fazer parte de uma banda foi algo que aconteceu mais pela necessidade de expressar o que sentia do que propriamente por conhecimento técnico do instrumento. Amanda acreditava que pra ter uma banda era necessário ter um ideal, e o som viria amadurecendo com o tempo.


A proposta da banda era levantar uma série de questionamentos e desconfortos em relação às nossas vivências cotidianas seja na música, no trabalho, na arte e todos os outros espaços que lutamos pelo direito de ser o que a gente é, pelo direito de ter autonomia sobre nossos próprios corpos.


O nome da banda foi inspirado no filme "A Vingança de Jennifer (I spit on your grave)" de 1978, que conta a história da Jennifer, uma mulher da cidade que resolve tirar uns dias de férias numa casa isolada no interior da cidade pra concluir um livro que escrevia. Lá ela é violentada, perseguida e estuprada por quatro moradores locais, terminando quase morta. Apesar de tudo, com o tempo ela se recupera e volta pra buscar sua vingança um por um.



"Jennifer representa todas aquelas que se sentiram agredidas, violentadas e/ou submissas pelo machismo que nos é imposto a toda hora. Jennifer é também a resposta, o empoderamento de nós mesmas, nossas vontades, corpos e vozes. Ação para mudarmos as opressões que nos submetem. Jennifer é autonomia."


Bio - A Vingança de Jeniffer



Desde outubro de 2019 Amanda Paz é baixista da banda de punk / hardcore Devastadoras. A banda surgiu no ano de 2012 com a proposta de externar suas revoltas sobre toda a injustiça e a banalidade com que a vida humana é tratada na sociedade.



A banda surgiu naturalmente, fruto da interação da sua membro fundadora, a guitarrista Cami, com a ex baixista Briane, que costumavam se reunir para compor. A partir dessas reuniões surgiram as primeiras bases no violão. O nome Devastadoras foi ideia da guitarrista Cami, e remete à uma expressão jornalística bastante utilizada para descrever notícias relacionadas à tragédias.


Atualmente a banda Devastadoras é: Tai (bateria), Cami (guitarra), Amanda Paz (baixo) e Rosa (voz).





DISCOGRAFIA DEVASTADORAS

- Coletânea Contra Cultura | Faixas: Olhos Inocentes e A Paz não existe | Coletânea (2015)

- A Vida não Vale Nada | Álbum (2017)

- Fragmentos Devastadores… / Last Countdown | Faixa União Entre Punks do Brasil Split com a banda Besthoven (2018) - Tributo ao Fogo Cruzado | Coletânea (2020)

- A Cena é delas | Faixa Reality Show | Coletânea (2020)

- Varukers Tributo | Coletânea (2021)






Em agosto de 2021 a banda Devastadoras lançou o seu primeiro videoclipe, do single ANTI-NAZI. O clipe foi produzido pelo Coletivo Urbano Produções & Chama Vídeo Independente, e teve co-produção da própria banda.





Amanda Paz produz o zine Por Essas e Outras, que atualmente está na sua sétima edição. Ela também faz parte de vários coletivos: participa do setorial de Cultura da Frente Feminista 8M Brasil SC, do Coletivo Não É Não, que também é um bloco de carnaval, do evento Março de Luta e mais recentemente, do no Coletivo Anti Opressão MAO.






Atualmente a banda Devastadoras está focada no processo de composição do próximo EP, que será lançado em mídia física e nas plataformas digitais.


Durante a pandemia, Amanda começou a aprender bordado, atividade que agora faz parte da sua lista de hobbys, junto ao skate e o surf. É proprietária de um estúdio chamado LA Tattoo Nostra, onde faz piercing e dreadlocks.





Em um futuro pós-pandemia, Amanda pretende organizar uma turnê com a a banda entre as 4 cidades das integrantes: Canoas, Porto Alegre, Torres e Floripa. Também está nos seus planos produzir uma feira de fanzines, que já está sendo articulada em parceria com outros zineiros. Além disso, curtir muitos shows, que estão fazendo falta.






"O indispensável é fazer valer a nossa voz. Que todas as mulheres que se depararam como figurantes em shows saibam que cabe a elas mudar essa realidade. Se ver protagonizando é sempre melhor do que só ir pra assistir. É enérgico e vital as parcerias que os palcos trazem! É sua vida, lute por ela!"


Amanda Paz

COLABORE!

Siga os perfis da banda Devastadoras, do Estúdio La Tattoo Nostra e dos coletivos 8M Brasil SC, Não é Não e Coletivo MAo nas redes sociais. Curta, comente, compartilhe, se inscreva no canal do Youtube. Vamos nessa?


Instagram

Devastadoras Por Essas e Outras Zine

La Tattoo Nostra

8M Brasil SC

Coletivo / Bloco Não é Não

Coletivo Anti Opressão MAO


Facebook Devastadoras

La Tattoo Nostra

8M Brasil SC


Youtube

Devastadoras - Canal oficial


Spotify

Devastadoras


Contato: bandadevastadoras@gmail.com

169 visualizações

Posts recentes

Ver tudo